Iní­cio Produtos Tratores Vega Vega K105 SDT Dualsteer
Iní­cio Produtos Tratores Vega Vega K105 SDT Dualsteer

Vega K105 SDT Dualsteer

Trator SDT Dualsteer 98 CV

Os Vega K105 são tratores especializados que combinam a mais avançada tecnologia 'made in BCS’ com a máxima eficiência na produção e em relação ao meio ambiente.

O motor de gestão eletrónica de 98 CV de potência Tier IIIB responde às mais severas normas europeias sobre emissões: uma supremacia entre os tratores isodiamétricos que se traduz em menores consumos, menores emissões perigosas e maior conforto para o utilizador. 

Elementos técnicos inovadores, desenho elegante e dimensões extremamente compactas tornam os Vega K105 máquinas indispensáveis para a agricultura do futuro.

Ficha técnica

Motor del tractor Vega K105Os Vega K105 são equipados com um motor de 4 cilindros Kubota de 3,8 litros de 98 CV de potência a 2400 Rpm.

O motor Common Rail de novo conceito, garante um controlo preciso da injeção e consequentemente uma combustão mais eficiente, melhores prestações e menor consumo de combustível.

Dispositivos tais como a reciclagem de gases de descarga EGR, o catalisador oxidante DOC e o filtro de partículas DPF, que funcionam automaticamente durante o trabalho (regeneração), asseguram uma redução drástica das substâncias nocivas emitidas para o meio ambiente.

Os eixos contra rotantes que equipam no motor, eliminam totalmente as vibrações, bem como, uma redução significativa do ruído captado pelo utilizador, favorecendo uma condução de máximo conforto. 

inversor electrohidraulico Vega K105A transmissão dos Vega K105 pode ser equipada com o exclusivo inversor eletro-hidráulico com gestão eletrónica EasyDrive®.

O prático manípulo do inversor, montado na parte esquerda do volante, permite ao utilizador inverter a direção de marcha sem tirar as mãos do volante e sem usar o pedal da embraiagem, mantendo sempre o total controlo do trator.

O inversor electro-hidráulico EasyDrive® é uma opção a ter em conta nos casos em que o trator se destina a trabalhos onde estão previstas numerosas inversões da direção, porque proporciona grande funcionalidade e conforto, como por exemplo, em trabalhos de manutenção de espaços verdes, quando é utilizado um carregador posterior em trabalhos de limpeza de ruas com neve ou para manobras nas cabeceiras de plantações estreitas em vinhas e pomares.

A unidade de controlo eletrónico do inversor electro-hidráulico foi desenvolvida integramente pelos técnicos do Grupo BCS. Através de sensores, o sistema é capaz de relevar as condições dinâmicas da máquina e gestionar a embraiagem da caixa de velocidades, o inversor e os travões, adaptando o comportamento do trator às condições de trabalho.

A diferença mais importante em relação aos tradicionais sistemas de inversores é o controlo dinâmico dos travões: a unidade de controlo, aciona os travões em relação à velocidade de avanço garantindo uma inversão de marcha com um abrandamento programável, reduzindo os tempos de manobra e aumentando a segurança operativa.

Para obter as melhores prestações e manobrabilidade, o utilizador tem a possibilidade de mudar a capacidade de resposta do sistema em 5 níveis diferentes (desde “suave” a “agressivo”) segundo as exigências, usando duas teclas posicionadas perto do manípulo.

A caixa de velocidades sincronizada inclui 4 gamas e 4 velocidades com um total de 16 velocidades para a frente e 16 velocidades para atrás, através de um inversor sincronizado.

A sequência lógica das velocidades (desde 70 metros/h até 40 km/h) sem sobreposições em todas as gamas, permite selecionar sempre a velocidade correta para qualquer tipo de trabalho de campo, proporcionando menor esforço mecânico dos seus componentes, menor fadiga para o motor, e sobretudo, uma melhor qualidade de trabalho.

A embraiagem é de multidisco em banho de óleo com comando hidráulico proporcional, com gestão eletrónica, que controlando os acoplamentos e desacoplamentos, resulta decididamente mais suave e efetiva em relação às tradicionais embraiagens mecânicas a seco.

O acionamento da embraiagem é hidráulico através de uma electroválvula proporcional ligada a uma unidade de controlo, que por meio de um potenciómetro, lê o posicionamento do pedal e garante a melhor progressividade de ligação, proporcionando ao utilizador um controlo total e preciso do trator.

Os Vega K105 adotam este tipo de embraiagem hidráulica evoluída, integrada no interior da transmissão com a finalidade de reduzir ao máximo a saliência do motor e em consequência a longitude total do mesmo. Uma decisão tecnológica que se traduz numa série de vantagens concretas.

VANTAGENS:

  • Longevidade
  • Ausência de manutenção
  • Máxima manobrabilidade graças às dimensões mais compactas.

 

Chassis OS-Frame                            

A transmissão dos Vega K105 está integrada em exclusivo no chassis OS-FRAME que oferece numerosas vantagens:

  • O Motor e a embraiagem estão ligados por um só eixo de transmissão, que por meio de um cardam articulado central, transmite o movimento tanto à caixa de velocidades como à tomada de força independente, garantindo o máximo rendimento mecânico, dimensões compactas e maiores ângulos de viragem, indispensáveis para trabalhar em espaços reduzidos.
  • O acoplamento motor-transmissão foi feito através de um volante de grande inércia, que junto a um disco torsional “Long Travel”, permite reduzir as vibrações transmitidas pelo motor fornecendo melhores prestações mecânicas e sobretudo um aumento significativo do conforto para o utilizador e um aumento em prestações.
  • O eixo anterior do trator está ligada por um pino central ao chassis OS-Frame que lhe permite uma oscilação total de 30° em relação ao eixo posterior garantindo que as quatro rodas estão sempre em contacto com o solo em caso de terrenos acidentados ou irregulares, para obter a máxima tração.

toma de fuerza Vega K105A instalação hidráulica é de duplo circuito com duas bombas independentes e troca de calor para a refrigeração do óleo.

A bomba que alimenta a direção hidráulica e o circuito de serviços electro-hidráulicos, tem um caudal de 33 lt/min, enquanto a bomba que alimenta o elevador e os distribuidores hidráulicos, tem um caudal de 30 lt/min. Em opção, está disponível uma bomba de maior caudal para alimentar e elevador e os distribuidores de 49 lt/min.

 

A tomada de força posterior é com embraiagem de multidisco em banho de óleo, é independente da caixa de velocidades e sincronizada com o avanço para reboque a tração. Pode ligar-se em carga e também em movimento através de um interruptor (com sistema de segurança que impede o acionamento involuntário) no painel de comandos através de um sistema electro-hidráulico. As rotações normais são de 540/540 rpm e opcional de 540/1000 rpm


O robusto elevador posterior está equipado com dois engates polivalentes de CAT. 1 e 2 que se adaptam de maneira simples e rápida a todas as alfaias disponíveis no mercado. A capacidade de elevação nas rótulas é de 2300 Kg, que aumenta até 2700 Kg para a versão SDT.

Opcionalmente estão disponíveis dois acessórios: Terceiro ponto e tirante vertical hidráulico, para regular a posição da alfaia engatada ao trator diretamente desde o posto de condução e um elevador anterior que inclui tomadas hidráulicas indispensáveis para a utilização de alfaias frontais.

O novo joystick multifuncional com controlo eletrónico proporcional, disponível como opção, permite controlar com um só dispositivo tanto o sistema hidráulico como o elevador posterior (eventualmente também o anterior) com segurança e máximo controlo de todas as operações relacionadas com a hidráulica do trator.

Um potenciómetro com graduação numérica integrado nos apoios de braços do joystick permite ajustar a sensibilidade do sistema.

Cabinas Compact AIRTECH 

Para as versões SDT estão disponíveis as novas cabinas Compact AIRTECH, pressurizadas e homologadas na Categoria 4, que isolam o operador das inalações nocivas durante os tratamentos fitossanitários assegurando um ambiente de trabalho seguro e saudável, graças a dois grandes filtros de carbono ativo instalados na parte frontal. A pressurização, bem como a temperatura interior e exterior, são monitorizadas no painel digital.

O chassis monocasco da cabina Compact Airtech de baixo perfil e com altura total muito reduzido desde o solo, otimiza a sua utilização debaixo de ramagens, em culturas fechadas e estufas. A estrutura suspensa sobre suportes de borracha anti vibrantes e elásticos diminui o ruído e a vibração.

O sistema de ar condicionado/calefação é de desenho automobilístico com grelhas de ventilação montadas de frente para o condutor, que proporcionam uma ótima temperatura e uma eficaz distribuição do fluxo de ar.

 

Luces diseño Vega K105Com a introdução de novas soluções tecnológicas, e de um novo motor, o Vega K105 apresenta-se com um desenho agressivo, mas ao mesmo tempo elegante e funcional, que se caracteriza por uma linha aerodinâmica que garante uma ótima visibilidade ao condutor.

Além dos quatro grupos óticos inseridos nos guarda-lamas frontais, dois faróis de luzes LED posicionados na parte de cima da grelha do capô, aumentam a zona iluminada para facilitar o trabalho ao anoitecer ou em condições de pouca luz.

Para aceder ao motor em caso de inspeções ou intervenções de manutenção, será agora mais fácil e rápido graças ao novo sistema de paralelogramo que permite um grande ângulo de abertura do capô. 

revoluciones motor Vega K105

O motor de gestão eletrónica possui uma Unidade de controlo do motor que além de garantir o ótimo funcionamento de hélice, permite estabelecer e manter constantes as rotações do motor. 

A gestão eletrónica das rotações do motor, desenvolvida totalmente pelo Grupo BCS, realiza-se rapidamente e de forma precisa através de teclas posicionadas no lado direito do painel de comandos que permitem aumentar e baixar as rotações do motor, memorizar, repor as rotações memorizadas, e desativação das mesmas para voltar ao controlo com o pedal do acelerador.

 

VANTAGENS

A memorização das rotações do motor durante o trabalho proporciona:

  • Velocidade de avanço do trator constante
  • Rotações da TDF constantes
  • Caudal hidráulico constante

e, poder voltar a configurar as rotações memorizadas, carregando simplesmente numa tecla, proporcionando uma notável melhoria na eficiência do trabalho com economia de tempo e combustível. 

A multifuncionalidade dos Vega K105 é reforçada pela reversibilidade da plataforma de condução (não disponível para as versões SDT).

Em poucos segundos o operador pode girar a 180° a plataforma de condução composta pelo assento, o volante, o painel de comandos e os pedais, para poder trabalhar com alfaias colocadas frontalmente, sob uma visão total por parte do condutor que lhe permite trabalhar com extrema precisão, comodidade e segurança.

 

brake-off Vega K105O sistema de travagem é constituído por quatro travões de disco em banho de óleo com acionamento hidrostático que atua como um divisor de travagem e que intervém de maneira constante e simultaneamente nas quatro rodas, inclusivamente com o eixo frontal com a tração desligada.

Exclusivamente para a gama Vega, o travão de estacionamento independente Brake-off é de série (opcional na versão SDT). Ativa-se automaticamente ao parar o motor. Com o motor em funcionamento, o travão de estacionamento ativa-se através de um botão  com comando electro-hidráulico posicionado à direita do painel de comandos. 

 

O pedal da embraiagem é equipado com o sistema Pro-Act System,  que permite ao utilizador acionar o pedal com um movimento mais confortável e ergonómico, proporcionando uma sensação de sensibilidade e controlo absoluto.

 

Painel de comandos

O novo painel de comando tipo automobilístico é uma concentração de tecnologia digital. Além de todos os comandos electro-hidráulicos situados de forma lógica e intuitiva, o visor multifunções a cores permite ao utilizador manter sempre sob controlo e com a máxima precisão cada informação do painel de comandos e todas as luzes de diagnóstico do trator.

Porém, existem indicadores analógicos para uma leitura de valores rápida e imediata, graças à presença de indicadores com agulhas.

 

Conforto

Confort Vega K105

O prazer de trabalhar com um Vega K105 não se deve só às prestações da máquina, também é devido ao conforto que os técnicos de BCS reservaram para o utilizador. A plataforma de condução está montada sobre suportes de borracha elásticos anti vibrantes para reduzir as vibrações e o ruído.

Os comandos e os controlos têm um desenho ergonómico e fácil de operar. Desde o assento, o operador tem uma visão completa sem obstáculos, tanto sobre a máquina como a alfaia de trabalho.

O volante é caracterizado por uma nova forma mais cómoda e ergonómica, podendo regular a inclinação para o ajuste em função do condutor e para facilitar o acesso ao posto de condução.

 

Segurança

A utilização em total segurança, em terrenos com declives ou em ladeiras é garantido em primeiro lugar pela mesma geometria do próprio desenho do Vega K105, caracterizado por um baixo centro de gravidade, e a distribuição do peso sobre os eixos que se torna ideal (50% frente - 50% traseira) com a alfaia montada no elevador traseiro

A plataforma de condução com arcos de segurança ou com cabina homologada, o cinto de segurança fixo ao assento e a qualidade dos materiais utilizados, garantem a máxima proteção para o utilizador em todas as condições.

O bloqueio dos diferenciais é com comando electro-hidráulico, podendo ser só posterior ou em ambos os eixos, permitindo ao trator estar sempre em tração constante.

A desconexão da tração anterior através de um comando electro-hidráulico, otimiza as deslocações na estrada, além de preservar os terrenos delicados ou com prados verdes.

 

Cotas para el tractor Volcan 850-950 BCS

  340/65R18
jantes reguláveis
280/70R18
jantes reguláveis
320/65R18
jantes reguláveis
250/85R20
jantes reguláveis
300/70R20
jantes reguláveis
A largura
do neumático
343 282 320 245 286
B altura
do pneumático
899 849 873 940 942
C largura 
de vía
min-max
1098 / 1538 1166 / 1470 1098 / 1538 1046 / 1588 1134 / 1618
D largura 
min-max
1441 / 1881 1448 / 1752 1441 / 1881 1291 / 1833 1420 / 1904
  320/70R20
jantes reguláveis
340/65R20
jantes reguláveis
31x15.50-15 XTC
jantes fixas
31x15.50-15 STG
jantes fixas
13.6-16 Garden
jantes fixas
A largura
do pneumático
316 343 368 394 391
B altura
do pneumático
 975 958 800 800 968
C largura 
de vía
min-max
1134 / 1618 1134 / 1618  1260 / 1374 1260 / 1374 1240 / 1400
D largura 
min-max
1450 / 1934 1477 / 1931 1628 / 1742 1654 / 1768 1631 / 1791


Dimensões dos tratores Vega K105 Dualsteer (mm)

  E F G H I min-max
Vega K105 Dualsteer 1348 1495 882 3725 161 / 271

Cotas para el tractor Volcan 850-950 BCS

  L min-max M min-max N min-max
Vega K105 Dualsteer 2254 / 2364 2070/2180 2139 / 2249


Pesos dos tratores Vega K105 Dualsteer  (kg)

  Con arco
de protección
Con cabina
Vega K105 Dualsteer 2450 2580


Raios de viragem dos tratores Vega K105 com distintas rodas (mm)

250/80-18 11.5/80-15.3 280/70-18 320/65-18 250/85-20 300/70-20
- - - - - -
320/70-20 340/65-20 31x15.50-15 33x12.50-15 13.6-16
- - - - -

O sistema de direção Dualsteer reúne as melhores prestações das versões ‘AR’ (tratores articulados) e ‘RS’ (tratores rígidos).

Trata-se de um duplo sistema de direção capaz de concentrar num só trator os níveis de segurança e estabilidade das versões de tratores com rodas direcionais (RS), e o nível elevado de prestações em curva e manobrabilidade das versões com articulação central (AR). A partir desta solução nascem tratores cujo raio de viragem está reduzido somente a 2.200 mm, comparativamente, obtemos 3.150 mm nas versões RS, e 2.670 mm nas versões AR. (consultar as rodas disponíveis que estão homologadas na sua zona geográfica).

Os tratores com sistema Dualsteer permitem manobrar num espaço mínimo, reduzindo o esforço do seu utilizador e otimizando o tempo gasto, sendo significativas as economias de funcionamento, graças ao tempo que se ganha em cada mudança de direção

Importante: Para mais informações visite a web a partir de um computador de mesa.
Produtos que podem interessar-lhe...
?